segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Salvem as figueiras! Salvem-se dos Humanos!

 
 Visita dos amigos Denise e Rainier e uma pequena remadinha pelo braço morto do rio Maquiné.
 O que era para ser apenas uma remadinha contemplativa se tornou uma operação de salvamento.
Entre uma foto e outra, achei ter visto fumaça vindo da mata, mas concluí que minha vista devia estar embaçada. Chegando mais perto percebi que era fogo mesmo e aos pés de uma linda e majestosa figueira. Suas raízes formaram uma linda e pequena "caverna" onde os civilizados humanos resolveram fazer uma fogueira.
No começo achei que era só fumaça mas logo vi que ela ainda estava em chamas. Gritei para o Leonardo, que estava do outro lado do rio, que ela ainda tinha fogo e ele veio, desceu do caiaque e começou a jogar água para tentar apagar. 

 Um pouco antes, Leonardo havia retirado uma garrafa pet do rio, usada pelos pescadores e descartada erradamente na natureza. Desta vez, ela e uma outra que tinha próximo a figueira, serviram para juntar água do rio e tentar apagar o fogo. Coisas tão comuns: fazer fogo sem se preocupar com as consequências, deixar lixo em qualquer lugar. É desta forma que a "civilização" cuida do meio-ambiente. E ainda tem gente que fica braba comigo quando digo que o ser-humano é arrogante e a pior praga da face da Terra.
Não sabemos o quanto o fogo atingiu o tronco da figueira por dentro mas Leonardo só parou de jogar água quando achou que não tinha mais nada. Tomara que ela se recupere e que nenhum outro ser civilizado faça fogo ali novamente.

6 comentários:

  1. Oi cris
    Que tristeza, esta com a árvore,fico triste com isso, não são todos mas muitos ser humano faz depois não quer pagar o preço da falta d'agua que está por aí, que bom que voces chegaram a tempo.

    beijinhos e boa semana.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. É assim que eu me refiro à espécie humana: PRAGA!

    ResponderExcluir
  3. Oi Tiane, é a Vi, a educação é o que quebranta o homem e o faz melhor, e hoje em dia o que mais tem é gente mal educada, em todos sentidos.
    Quando a pessoa não consegue perceber que ela faz parte do meio, e que destruir a natureza, mais sedo ou mais tarde vai interferir na vida dele, podemos dizer que além de sem educação a pessoa é burra.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  4. Costumo dizer q não respeitamos a natureza como ela merece e a cada dia q passa pagamos e pagaremos um alto preço. Infelizmente o autor desse crime não será punido e continuará aqui e acolá destruindo árvores e até animais. É lamentável ! Abços Mª Morais

    ResponderExcluir
  5. Eita gente sem amor à Natureza!
    Raça mardita! - como dissem os caipiras daqui.
    Triste, muito triste.

    Bjksss

    ResponderExcluir
  6. Ti querida, como tem pessoas pobre de espírito, né? Aqui em Sampa é comum ver os porcos jogando bitucas na rua, sacos plásticos, lixo pela janela do carro. Vontade de bater que eu tenho... Ainda bem que vocês estavam por ali, justamente na hora H. Imagina o que não acontece de coisa por aí que ninguém vê... Espero que isso um dia mude.
    Ti, tenham um ótimo feriado!
    Amooooooo suas fotos!
    Beijos
    Vero

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!