terça-feira, 4 de julho de 2017

Desafio Um Livro por Mês - O Jardim Secreto

 Dias desses, Leonardo e eu fomos até a capital e acabei ganhando um presente dele, na livraria Cultura. 
Ele estava olhando um livro e comentou, "acho que a mãe ia gostar deste livro", no que eu respondi, acho que EU ia gostar. E ele comprou e pediu para embalar para presente. Enquanto esperávamos pela embalagem, eu perguntei para ele, se o presente era para a mãe dele e ela emprestaria para eu ler, ou se era de presente para mim, e eu emprestaria para a sogra. E eu ganhei o presente!!!!
Saindo da livraria fomos tomar um café e comecei a ler na mesma hora. É um livro infanto-juvenil! Me encantei pelo título e pela capa! Me deu muita vontade de ler aquele livro, mesmo sendo infanto-juvenil. Ao ler a resenha e os primeiros parágrafos, comentei com o Leonardo, que achava que a mãe dele já tinha aquele livro, e ele respondeu "também tô achando isso...". 
A vontade que eu tinha, era de ficar lendo o livro, sem parar. 
O Jardim Secreto (The Secret Garden) foi lançado em 1911 e é um grande clássico da literatura infanto-juvenil em todo o mundo.
"Trata-se da história de Mary, menina nascida na Índia de pais ingleses, que se torna órfã e retorna à Inglaterra para viver com o tio em sua grande propriedade campestre. Tímida e cheia de complexos, pois se achava muito feia comparada à beleza que fora de sua mãe, Mary é desagradável de trato, malcriada, cheia de vontades - enfim, uma criaturinha difícil. Tudo isso agravado pela vida no enorme casarão de cem quartos, sob a guarda da governanta pouco interessada.
Mas a curiosidade natural da infância leva Mary a descobrir que no mesmo casarão vivia um primo quase da sua idade, criança doentia e enfraquecida pela imobilidade e solidão.
O que o companheirismo e a amizade que se desenvolvem entre os dois faz pela saúde de ambos é o tema do livro que se desenrola de forma sempre surpreendente em prosa cativante.
A paisagem, triste no inverno, é inteiramente modificada na primavera. A metáfora concretizada nos jardins que cercam a casa, sobretudo no jardim secreto que dá título ao livro, é perfeita para a modificação que se espera no caráter e físico dos dois primos transformados em crianças fortes, sadias e simpáticas pelo contato com a natureza e com crianças  camponesas das redondezas.
A história desenvolve temas absolutamente contemporâneos, como a valorização da natureza - típica do romantismo - que torna o livro um texto ecológico, antes que o termo ecologia fosse inventado. Dickon, o grande amigo de Mary e Collin, é um verdadeiro"menino do dedo verde", antes que Druon criasse o seu famoso personagem.
Envolvente, O Jardim Secreto sugere caminhos para uma vida feliz. Trata-se também de um belo texto que emociona a cada página e cujas qualidades sobrevivem apesar da passagem do tempo." 
Laura Sandroni 
Amei o livro!!! Acho que bati meu record, li em uma semana!
Uma das muitas coisas que gostei na história foi o tal do passarinho pisco-de-peito-ruivo, que aparece do começo ao fim do livro e tem um papel fundamental na mudança de comportamento da personagem Mary. 
O livro passou para as telas do cinema. Pelo que vi na internet, tem duas versões, e eu assisti a mais recente. Detestei! Eles mudaram completamente a relação dos primos, que no livro é de amizade, enquanto que no filme, mostraram um primo apaixonado e enciumado com a relação da menina Mary com o Dickon. Também transformaram a governanta na vilã da história. Ela até que não é nada simpática no começo da história, mas não tem nada a ver com o que o filme mostrou.
A única coisa boa que tirei do filme foi a aparição do tal pisco, o passarinho. Na dublagem do filme eles o chamam de sabiá, mas ele pode lembrar o nosso sabiá, só lembrar. Dias após ter finalizado a leitura do livro, a Tania, do blog El Bosques y sus Secretos, fez uma postagem onde apareceu um passarinho igualzinho!! Ela disse que o nome do bichinho na Espanha é o Petirrojo e confirmou que em português o chamam de Pisco de peito ruivo. A postagem da Tania onde aparece o Pisco é esta aqui.
Amei o livro infanto-juvenil! Recomendo para quem tiver filhos pequenos, que gostem de ler, ou filhos grandes como eu!!! rerererere 
Estou super atrasada com o meu desafio de ler um livro por mês mas, como sempre temos que tirar o lado bom da coisas, este foi o terceiro livro do ano, contra um único livro lido no ano passado! Já comecei a quarta leitura do ano!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!