quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Um dia de turista em Torres

No morro do farol com a Ilha dos Lobos ao fundo.

 Conforme prometido aos incontáveis leitores do meu blog... (pausa para gargalhar...) aqui vai a postagem com as fotos do passeio que fizemos a Torres com nosso hóspede paulista. Como são muitas fotos e me empolgo muito escrevendo, tentarei fazer uma rápida legenda, quando necessário.
Apenas para introduzir, frequento Torres há anos, meus pais veraneiam nesta praia, estou morando perto e tenho ido uma vez por semana lá, mas fazia muito tempo que eu não passeava pelos pontos turísticos desta bela praia gaúcha. O dia estava lindo e adorei demais o meu dia de turista em Torres.
Na foto acima, Leonardo e Fuchs estavam estudando o mar para ver qual o melhor local para entrar de caiaque, já que fomos lá para eles remarem até a Ilha dos Lobos e surfar um pouco.
 Esta é a Ilha dos Lobos que fica a apenas dois quilômetros da costa, é a menor unidade de conservação ambiental do Brasil e a única ilha oceânica aqui do Estado. Foto do Leonardo
Da praia só se vê uma espuma branca no horizonte, muitos podem achar até sem graça, mas de perto percebe-se que a ilha é uma formação rochosa que serve de refúgio para leões marinhos, focas e morsas, ou seja, é de grande importância para este animais e também por isso, é proibido o desembarque, pesca ou caça marinha na ilha. Só na ilha mesmo, pois os barcos pesqueiros e turísticos andam bem pertinho dela.  Foto do Leonardo
Eu e o chima no morro do Farol com a Prainha ao fundo.
Foto do Leonardo
 Do morro do Farol fomos para o Parque da Guarita, cujo ingresso custa R$ 5.00 por carro.
 Praia à vista!
 Subindo o morro da Guarita.
 Tinha lixo no meio do caminho. No meio do caminho tinha lixo...
Eu no último acidente geológico do litoral gaúcho, ou seria o primeiro? Bom, a questão é que depois disso, o litoral gaúcho é uma "retura" só! Foto do Leonardo
Leonardo admirando uma das suas grandes paixões: o mar!
 O Parque José Lutzemberger, mais conhecido como Parque da Guarita.

Eu não sei por que, mas o mar enfeitiça as pessoas. Há um bom tempo já, que observo como as pessoas são capazes de ficar horas e horas numa praia, nas pedras, ou nos molhes, paradas no lugar apenas olhando para aquela imensidão azul. Os pensamentos voando na cabeça e o corpo paralisado.  



 De cima do morro da Guarita, Leonardo fotografou um vôo de parapente no Morro do Farol.

Eu e ele!

Eu pensava que o Parque da Guarita tinha uma grande área verde para dentro e qual não foi a minha decepção quando vi que um condomínio estava crescendo bem atrás do Parque.
Descemos do morro da Guarita e passamos pela praia.
O morro da Guarita visto da praia.
Quem tem a aventura no sangue como o Fuchs e o Leonardo, não consegue ver um paredão sem procurar por grampos e vias. E ali tinha mesmo, mas devem ser de outros tempos porque hoje não deve ser permitido escalar ali.

Passando pela praia fomos até a outra formação rochosa do Parque. Leonardo me fez ficar parada por um bom tempo, esperando que uma onda quebrasse atrás de mim para fotografar.
Demorou um bocado mas finalmente veio uma onda para refrescar minhas costas.
Vista de baixo para cima. Lá em cima, bem pequeno, dá para ver o Fuchs com a mão na cabeça. 
Foto do Leonardo
E de cima para baixo. 
O visual é deslumbrante!
E impressionante foi o fato de que, uma semana depois que estivemos ali, neste mesmo lugar das fotos, três pessoas morreram afogadas. Foi na última sexta-feira, numa excursão de adolescentes, três delas foram tirar fotos ali quando uma onda as levou. O monitor conseguiu salvar uma delas e acabou morrendo, tentando salvar as outras duas que também morreram. Fiquei chocada! No dia em que estivemos no Parque, o tempo estava bom e o mar, relativamente calmo. Lembro bem que na sexta-feira da tragédia, o tempo estva muito ruim aqui no sul e o mar devia estar bem mais brabo do que aparece nas fotos. Que coisa triste!
Aqui existem duas fendas e aquele poço vira um liquidificador por causa da água que entra e se choca com a água que está saindo.
Fuchs espiando uma das fendas, onde Leonardo que vir remando num dia de mar bem calmo.

 Para encerrar a visita ao Parque da Guarita, fotos do trio. 
Baita passeio! Baita cara legal este Fuchs! O dia não acabou aqui, depois fomos para a praia para o surf mas estas fotos deixo para uma outra postagem senão, esta ficará maga gigante. Não deixem de visitar Torres! Baita praia!

4 comentários:

  1. Lindas fotos! Estes "condomínios", geralmente de luxo, invadem na cada dura, ou no suborno, áreas de proteção. Aqui, fiquei pasma com uma feridona no Morro Santana, perto da UFRGS, um tal de Eco Village, se não me engano...argh!

    ResponderExcluir
  2. hj, dps de mandar o eml, lembrei do "se minha bici..." e me atualizei c/ a vida no recanto (e fora dele). belas fotos, belos passeios!
    sinto muito pela perda do quindim...
    a pituca melhorou?
    abs!

    ResponderExcluir
  3. Que bela "reportagem" de um tempo tão bem passado. Desejo que tenhas passado um óptimo Natal junto dos teus amores e que o novo ano vos traga todas as bênçãos! Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Dando mais uma olhadinha em teus post. Lindas paisagens, precioso lugar! Beijos

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!