segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Dia de Natal em família

 Após a ceia de Natal com a minha família, em Porto Alegre, no dia 25, bem cedinho, Leonardo, Tombinho e eu pegamos a estrada para passar o dia de Natal com a família dele, em Nova Petrópolis, na serra gaúcha.
Mal chegamos e fomos "arrastados"para dentro de casa pela irmã do Leonardo, Betina, para abrirmos logo os presentes. Betina parece criança, tamanha a ansiedade para saber o que tem dentro dos pacotes. O engraçado é que ela quer saber o que tem dentro de TODOS os embrulhos, não só dos dela. 
Outro que parece criança é o Tombinho. Quando estamos chegando no centro da cidade, ele já quer colocar a cabeça para fora da janela e quando estamos nos aproximando da casa dos pais do Leonardo, descendo o último trecho da estrada, ele fica numa ansiedade, numa euforia tão grande, que parece mesmo, um neto chegando na casa dos avós. Lembrando que, quem começou com essa história de vô e vó foram os próprios, e é só a gente falar a palavra vô, que Tombinho vai direto para o seu Egon.  
 O esquema na casa dos Esch é bem diferente do que acontece na minha casa. Pra começar, eles não fazem amigo-secreto e cada um vai entregando o presente para o outro, sem muita espera ou frescura. Lá em casa  existe uma tentativa de organização, de "disciplina", que este ano, ainda bem, não deu muito certo!
Lá na primeira foto, Leonardo está abrindo um dos presentes que recebeu da mãe dele e que eu havia comprado em meados de dezembro, a pedido dela. Quando fui comprar os presentes de aniversário para o Leonardo, dona Sonja perguntou o que ela poderia dar para ele de aniversário e de Natal. Depois que eu já tinha comprado o presente dele, vi umas canetas coloridas que ele gosta para fazer as anotações e, principalmente, marcar os trechos remados no mapa e não comprei porque eram um tantinho cara$ para o meu bolso e porque já havia comprado outras coisas então, passei a sugestão para a sogra, que pediu que eu comprasse para ela.
 Leonardo comprou uma bicicleta nova para o pai e havia entregue antes do Natal. Os pais do Leonardo estavam na praia e ao chegar em Nova Petrópolis, a bicicleta estava na sala com  votos de Feliz Natal. Como isso aconteceu uns dias antes do Natal, a bicicleta continuou na sala, mas para não deixar seu Egon com as mãos abanando, Leonardo providenciou outro presente: 15 barras de chocolate de diversas marcas e sabores. Duas coisas que o sogro ama: pedalar e chocolate!

 E dona Sonja também ganhou do filho algo que adora: um radio relógio para poder escutar as notícias que tanto gosta! O dela havia queimado e ela fica desesperada sem o "radinho". Olha a cara de alegria dela!
Para Betina preparamos um pequeno kit de Ano Novo com uma espumante, duas taças, um chocotone e uma caixa de bombons. O casal está se mudando para a praia, para um apartamento bem menor do que a casa onde moravam em Porto Alegre e estão se desfazendo de muitas coisas, inclusive roupas então, resolvemos contribuir para que eles brindassem a nova vida. E ela adorou!
 Já usaram as taças na hora!
  A minha grande surpresa foi o presente que Leonardo e eu ganhamos dos donos da casa: um forninho elétrico para o Recanto! Que espetáculo e que surpresa boa!
 Após as trocas de presentes, fomos preparar o almoço enquanto o sogro, que estava com fortes dores no pescoço há alguns dias,  fazia sua terapia de sua morna sob os cuidados e carinho do Trumbico.
 Eles se adoram!
 Mesa posta!
 Foto oficial, primeira tentativa: Leonardo preparou a câmera, saiu correndo para aparecer na foto e... não deu tempo!
 Segunda tentativa: agora sim! Foto oficial do almoço de Natal 2013!
 Alguém acordou e veio bisbilhotar na mesa.
 Tombinho preocupado se vai sobrar alguma coisa para ele e Leonardo garantindo que  vai sobrar sim..
 Hora de brindar!
 E depois do almoço, hora de descansar!
 O calor estava insuportável! Isso, que estamos na serra gaúcha onde a temperatura quase sempre é mais baixa, mas aquela semana do Natal o calor não poupou nenhuma região. 
 Ficamos de bobeira na sombra até os borrachudos correrem com a gente, mas já era quase noite quando isso aconteceu. Foto da Betina
 O canarinho da terra também apareceu para confraternizar conosco no dia de Natal.
 Os gigantes e amarelos pompons das dálias do jardim da sogra.
 Filomena tentando relaxar depois de uma noite de foguetes e muito stress!
E Tombinho fotografado pelo pai. E assim foi o Natal 2013 na família Esch.

3 comentários:

  1. Bom dia Tiane,
    Que jeito mais perfeito de encerrar o ano. Junto da família, com presentes e junto a natureza!
    E olha, 15 barras de chocolate? Ainda bem que a bicicleta veio junto para perder todas essas calorias, rsrs
    Aproveito para agradecer a sua amizade e companhia nesse ano que passou!
    Um feliz 2014!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    vejo que a festa foi grande por ai. Que lindos presentes. Linda e unida sua família.
    Bjos desejo a você e sua família um excelente 2014 com muito amor, paz, saúde, realizações, alegria, prosperidade e muitas felicidades.

    ResponderExcluir
  3. Quanta alegria e serenidade...
    Obrigada pelas coisas carinhosas que escreveu lá no blog. Fiquei emocionada...obrigada mesmo!
    Desejo a você e ao Leonardo um ótimo e colorido 2014 junto com a bicharada, é claro!
    Os fogos são uma tortura para os bichos. Aqui em casa, dou Maracujina para os meninos e mesmo assim é uma tortura.
    Um grande abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!