terça-feira, 14 de abril de 2015

Coelhinho mineiro

 Semana passada chegou um coelhinho aqui em casa, vindo de longe, lá das Minas Gerais.
Ele veio num cartão postal bordado pela Egléa, do Jeito Mineiro de Ser, e que ganhei num sorteio do mesmo. Milagre de Páscoa, já que nunca ganhava nada!
Acompanho o blog da Egléa há algum tempo já, mas não sabia exatamente como eram os cartões e adorei todos os detalhes, desde o colorido, principalmente das delicadas florzinhas, até o pompom do coelhinho e o verso do cartão, todo bordadinho igualzinho um cartão postal! Achei o máximo!
Gostas de bordado e fotografia? Então passa lá no Jeito Mineiro de Ser e faz uma visitinha para a Egléa. Muito obrigada, Egléa!
É impressionante como as coisas estão andando rápido! Quase tudo está rápido, menos o correio. A Egléa avisou, bem antes da Páscoa, que estava colocando o cartão no correio mas ele só chegou depois da Páscoa. Leonardo também estava esperando uma encomenda pelo correio, que havia sido postada antes do meu cartão, e ele acompanhava a "viagem" da encomenda vinda de São Paulo pelo rastreamento do correio. É impressionante a demora, o quanto uma encomenda fica parada em um único lugar. 
Mas na verdade, o que eu queria comentar sobre o quanto o tempo tá passando rápido, é que estou um tanto desorganizada com as minhas coisas, meu blog, visitas aos blogs que gosto, e-mails, tudo! 
Ontem fomos à Porto Alegre para castrar o Costelinha e a Dona Nenê, a última gatinha que  pegamos, ainda em Porto Alegre mas que ainda faltava castrar. A Dona Nenê tá super bem e o Costelinha tá mais enjoadinho, parece que ele sangrou bastante durante a cirurgia, mas tá bem também! 
Outra coisa que tem tomado meu tempo é a Merengue, minha gatinha mais velha no momento, ela tá com 14 anos, vai fazer 15 em novembro. Tenho ela desde bem filhotinha, devia ter uns vinte dias de vida, não comia sozinha, tinha que dar mamadeira a ela. Desde que mudamos para cá, é a segunda vez que ela fica mal, ela sentiu muito a mudança para o gatil e junta isso com a idade avançada e mais algum probleminha que ela tenha, o resultado é uma gatinha muito magra, que ficou dias sem comer nada. 
Com medicação, muita insistência e muita atenção, ela passou a aceitar leite e hoje, depois de três dias só tomando leite e soro caseiro, finalmente aceitou um pouco da comidinha do sachê. 
Comecei esta postagem no sábado! Sim, acreditem, no sábado! Não consegui terminar e agorinha, enquanto escrevia, tirei esta foto da Merengue dormindo no meu colo. Detalhe do Costelinha deitadinho lá no fundo, os dois perebinhas! A Memê só quer ficar conosco! Não pede comida, mas colo... 
Tomara que minha velhinha tenha força para superar mais essa! 
Fica bem Memê! Fica com a gente!

6 comentários:

  1. Tadinha da Merengue! Ainda bem que ela tem uma "mamãe" dedicada como você para cuidar dela :)
    O coelhinho é muito lindo, parabéns!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Que presente encantador, Tiane,

    A Egléa é uma artista muito habilidosa e sensível.

    Ahhh, esses filhos nos dão sempre preocupação...

    Que bom que os dois últimos estão castrados.

    Logo estarão recuperados e felizes.

    Espero que sua pequena Memê fique bem.

    Estou mandando muitas energias de saúde para ela.

    Tão lindinha essa amarelinha!

    beijinhos e força ai com a turminha!

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  3. É, tem tempos que fica bem difícil participar o mundo virtual. É algo aqui e ali que nos pede a atenção e intervenção. Dá uma pena ver nossos filhos peludos doentes, né? Vibrações de saúde para a Memê.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, Tiane, pelos elogios! Os seus e os da Lígia. O ego está felizinho, felizinho... :)))
    Oh, gente... esta turminha quando adoece deixa a gente de cabelo em pé, não é?
    Estamos com uma verdadeira maternidade de penas aqui em casa. Vou contar lá no blog novo.
    Novamente obrigada, que bom que gostou do cartão. Pela sua foto vi que esqueci de assinar "a obra"... Caduquice, caduquice...
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir
  5. E nós que somos mamães, sentimos juntos! Espero que ela se recupere. Nessas horas, é melhor que fiquem bem pertinho de nós.

    O cartãozinho é uma fofura, tinha visto lá na Egléa e comentado da fofurice. Sabe... acho que os Correios eram a única coisa que funcionava direito nesse país, mas há algum tempo estão deixando a desejar em todos os aspectos. Uma pena, pois eram referência para muitos países. Já postei encomendas SEDEX (teoricamente 24 horas) pra locais aqui perto e demorou coisa de 15 dias pra chegar, acredita?

    Lambeijos pra todos e melhoras também.

    ResponderExcluir
  6. Ooooohhh, tão lindinha. Tadinha, tomara que ela se recomponha. Mas uma coisa conforta saber: que ela tem toda a atenção que pode ter!

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!