domingo, 28 de junho de 2015

Cavando valetas e mais valetas...

 Final de semana da entrada do inverno, tivemos a Remada de Inverno aqui no Recanto. Havia chovido bastante nos últimos dias, a última chuva foi na quinta-feira. 
O nosso Recanto conta com uma área razoável e em declive então, quando chove,a água fica descendo ainda dias e dias, e parte do terreno, em volta da casa principalmente, fica bem empapado.  
Existem várias valetas feitas pelos antigos proprietários, elas vêm de diferentes lados e se cruzam. 
Na segunda-feira, depois da Remada, o terreno estava igual a uma esponja encharcada, só das pessoas que pisotearam por ali, pois nem deixamos os carros descerem para não piorar a situação, De tarde, precisávamos ir ao centro da cidade e o carro patinou ao lado da casa e não subiu então, Leonardo se atracou na pá e na enxada e começou a cavar uma nova valeta para fazer a água correr mais rápido e não ficar tão parada como estava acontecendo.
 Resolvi ajudar abrindo mais, alargando uma das valetas já existentes. A grama e a terra vão tomando conta e fechando as valetas, que precisam ser abertas de tempos em tempos.
 Acho que o Leonardo gostou de me ver trabalhando e tirou várias fotos do meu "sofrimento".
 Deve ter sido para se vingar, já que estou sempre fotografando e postando fotos dele com a mão na massa, principalmente, nos projetos do Recanto, como a estante da sala. Acho até, que eu deveria mudar o título da postagem e colocar: "Abrindo valetas, a vingança!"
 Ele até posou para a foto, pode?!
 Brincadeiras à parte, como comentei no começo da postagem, a última chuva aconteceu na quinta-feira, dia 18, estas últimas fotos foram tiradas na quinta-feira, dia 25.
 Olha a quantidade de água que ainda vem lá de cima!
 Na nova valeta, que atravessa o pátio em direção a casa, Leonardo colocou canos e esta, é apenas uma parte da água que desce. A outra vai para outra valeta que já existia, aquela que eu estava alargando.
Como podem ver, por aqui não temos problema com falta de água. E que continue assim! Amém!

6 comentários:

  1. Tem as linhas de Naszca e agora as linhas de Maquiné. Seriam os Deuses remadores e ciclistas?

    ResponderExcluir
  2. É amiga o jeito aí é ir instalando as canaletas de cimento, nunca mais vai ter esse problema, né.
    Abs e uma boa semana, Mari

    ResponderExcluir
  3. Noooossa!!!! É encharcado mesmo, hem?
    Frequentei bastante durante certo tempo uma cidadezinha (um arraial) na região serrana do interior do estado do Rio e lá eles usavam um tipo de drenagem com bambus. Cavavam as valas e dentro eram colocados bambus. Eu não sei exatamente como é feito mas, se vcs se interessarem quem sabe poderá ser uma solução?
    Boa sorte! Um abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir
  4. Foi um trabalho compensador!
    é bastante água, e é bom que tenha!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. uau!!

    Tiane, você é bem participativa, que beleza!!

    Cavar valetas é para poucas mulheres.

    Tenho certeza que marido morre de orgulho de você!!

    beijinhos, espero que agora o problema amenize.

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  6. Amém mesmo! Apesar de todo o trabalho, as fotos são lindas e demonstrativas da força da natureza. Por aqui, debatemo-nos com a falta de água. Um sufoco, para quem depende dela para continuar a cultivar... Beijos.

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!