quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

As casinhas dos gnomos do Recanto

 Tem chovido bastante nos últimos dias, quer dizer, até não tem chovido muuito, mas tem sido dias nublados, com ou sem chuva, chuviscos, umidade. E aí, os cogumelos, as casinhas dos gnomos aparecem por todos os cantos.
 Em galhos, madeiras e gramado.
 De várias formatos e tamanhos.
Este cor de laranja é muito interessante! Ele nasceu em janeiro, no meio de uma das tábuas do deck e tem resistido com todo o sol forte que tem pegado desde então.
 Todos os demais, nascem depois da chuva e murcham em seguida. 
Dias desses, tentei manter um vivo, colocando uma proteção contra o sol em cima dele, mas não adiantou porque igual, ele não teve umidade, eu acho. rererere Eu e minhas ideias...
Gosto tanto deles! Tanto no seu ambiente natural, como no meu prato! 😆
 Todos são comestíveis! Alguns, apenas uma vez... 😵
 Olhem só, que coisinhas mais delicadas! Ainda não encontrei nenhum gnomo, mas não desisto de procurá-los.
Este aqui era mini mini!
Assim que imagino os gnomos. E este, bem que poderia estar aqui em casa, pois já vi sapo e aranha muito parecidos como estes, da ilustração! Já o caracol eu nunca vi por aqui, deve estar escondido com o gnomo. 😉

10 comentários:

  1. Tiane,
    Aqui onde moro quase não chove.Mas no Norte da Espanha,no país vasco,tem festival de cogumelos nessa época.Saem os catadores,buscando os mais raros,prá venderem aos chefs de cozinha.Claro que conhecem da coisa,mas sempre tem alguns amadores que se arriscam e acabam no hospital.Eu por segurança compro no mercado :)
    Besitos e tenha um bom restinho de semana

    ResponderExcluir
  2. Oi Tiane, aqui também estão aparecendo,,, acho lindo e mágico!
    Belo dia! bj

    ResponderExcluir
  3. OI Tiane, um dia me surpreendi com um cogumelo dentro de um vaso de plantas. Achei incrível pois já fazia muito tempo que eu não avistava um. Aí onde mora tem variedades ! Todos lindos e surpreendentes.
    As vezes fico a imaginar que pudesse ter fadinhas, duendes e gnomos habitando o jardim aqui de casa,kkkkk
    Tudo de bom querida,bjsss

    ResponderExcluir
  4. Tiane,
    Acho que o e-mail molhou no caminho...rsrs...Não recebi não.
    Besitos

    ResponderExcluir
  5. Oie! Adorei a postagem! "Alguns são comestíveis apenas uma vez" kkkkkkk Boa!!!
    Então sobre as remadas, realmente remar lá no litoral suuuul do país é bem legal, mas a água é bem fria né!!! Também acho que daríamos muito bem nós humanos, cachorros e quem sabe uma remada?? rsrs Quem sabe um dia passamos por aí e vocês passam por aqui!
    Nós moramos em Santa Vitória do Palmar e agora aqui no Cedro por conta do trabalho do Denis... Ele é funcionário público e a primeira lotação dele foi lá em SVP/RS e com o concurso de remoção escolhemos vir pra cá! O Denis estudou um tempo na Bolívia e eu estudei um tempo na Nova Zelândia. Dois malucos né? kkkkkk
    Ah, sobre os cães estou já a procura para adotar. Estou acompanhando as postagens da ong aqui da cidade.#Zhukprecisadeamigo kkk

    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  6. Muita fofura neste seu post amei as casinhas, uma mais linda que outra! parabéns pelos seus olhares da natureza!
    Beijos!!!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  7. Amo estes cogumelos que aparecem nos nossos quintais. Também acredito piamente que os gnomos estão por perto.
    Abração!
    Egléa

    ResponderExcluir
  8. rsrsrsr vc quer encontrar um gnomo acho melhor olhar se no espelho. sinto que vc é uma fada saracoteando pra la e pra ca. bisbilhotando a a obra, de olho nos animais e procurando cogumelos. Minha amiga quer melhor gnomo que vc mesma?ta dificil. rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  9. Que demais as fotos, concordo com a Eliane a cima, você é uma fadinha sim rs.
    Outro dia achei um aqui no meu quintal, fiquei encantada, pois nunca tinha visto antes.

    Beijos, boa semana e obrigada pela postagem dos pães!!!

    ResponderExcluir
  10. São lindos! Também adoro cogumelos. São, sem dúvida, propícios ao voo da imaginação.

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!