segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Jurassic Maquiné

Ontem, domingo, Leonardo cortava a grama e roçava o mato no pátio enquanto eu preparava o almoço dentro de casa. Daqui a pouco, começam a chegar fotos enviadas por ele, das criaturas do Recanto, como esta lindíssima borboleta!
Pelo que pesquisei, esta é a borboleta-coruja.
"Tem esse nome por assemelhar-se à cara de uma coruja, com seus grandes olhos abertos. Isso funciona como uma defesa eficiente contra predadores. Os olhos em suas asas servem para enganar seus predadores: podem simular um animal maior, assustando o predador, ou desviar sua atenção da cabeça, levando-o a atacar a ponta das asas, enquanto a borboleta foge. Os adultos de tais borboletas possuem hábitos crepusculares e visitam frutos, e as lagartas desenvolvem-se em bananeiras e em outras plantas da família das ciperáceas e marantáceas." Fonte: Wikipédia
 Esta, eu não sei se é uma borboleta ou mariposa.
Mas é linda também!
O final de semana foi de muito calor, que faz com que as caranguejeiras saiam para dar uma voltinha. 
 Mais um bichinho esquisito, clicado pelo Leonardo. Será um tipo de besouro?
"A borboleta-coruja existe somente na América do Sul, sendo uma das maiores espécies que ocorrem no Brasil, podendo medir até 18 cm de envergadura (de ponta a ponta das asas). Vive junto à beirada de matas ou bananeiras. Voa, lentamente, ao amanhecer e ao entardecer. Durante o dia, pousada à sombra da vegetação, mostra, nas asas posteriores, duas manchas ocelares, uma em cada asa, que lembram olhos de coruja, com pupila negra e íris clara. Essa adaptação serve para enganar seus predadores, quando ameaçada abre as asas de repente, revelando enormes olhos e empina o corpo. Para seu predador transformou-se em coruja que é um dos maiores inimigos de pequenos animais. A média de vida do indivíduo adulto é de aproximadamente 90 dias (3 meses), ao passo que o desenvolvimento do ovo até a completa metamorfose dura cerca de 150 dias (5 meses). A lagarta alimenta-se de folhas de bananeira."
Enquanto ele fotografava as criaturinhas lá fora, eu fazia o almoço e encontrei a Berenice na janela da sala. Berenice é a nossa perereca de quase estimação, já que vive dentro da nossa casa, há meses!
Mandei estas mesmas fotos para o grupo da família, no que o meu irmão repete o comentário que sempre faz, quando mostro fotos das criaturas do Recanto: "é o Jurassic Maquiné"! :)

3 comentários:

  1. Ai Maquiné, Maquiné...que terra linda e, ainda, selvagem!

    ResponderExcluir
  2. Caracas! olha só o tamanho da borboleta kkkk.
    Esses animais tem qualidade de vida por aí por isso crescem tanto k.

    Não quis duplar a casa, pois geralmente casa de
    madeira que fica muito tempo parada sempre junta bicho k; com certeza é um pouco mais quente ou mais fria mas nada que abrir as janelas ou um aquecedor não resolva kkk

    Obrigada pela visita.
    PAZ E BEM.

    ResponderExcluir
  3. Oh my, I can't believe how big it is. And so beautiful.
    Amalia
    xo

    ResponderExcluir