terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

E assim foi o carnaval 2016 no Recanto...

 Eles bem que tentaram pegar carona com o Leonardo, mas não rolou...
 Sexta-feira de tarde, Leonardo estava preparando o carro e o reboque para a viagem e a Sissi não saiu de cima do reboque um minuto sequer. Em seguida juntaram-se a ela, o Trumbico e o Costelinha, e ali ficaram, de plantão, esperando a palavra mágica "vamos?". 
Mas a palavra mágica não ecoou, Leonardo saiu de madrugada para remar no Ibicuí, quase 500 km de viagem e nós ficamos cuidando do Recanto.
Agora preparem-se! Chamem as crianças para a sala, pois as cenas que virão daqui pra frente, são de um carnaval impactante...
 Já ouviram falar na casa da mãe Joana*?
 E assim foram os quatro dias de carnaval!
 Uns dentro de casa, outros no deck, como a Branquinha, dormindo em pé. Bem coisa de velho!
 Paçoca na área de serviço.
As irmãs cajazeiras*, Pituca e Lépi.
 O silêncio só era quebrado por alguns barcos, e essas duas lanchas que passaram no rio.
 Eles vão até o fim do braço morto e voltam.
O mesmo aconteceu com estas quatro motos náuticas.
 Mas, dependendo do estado de cansaço e calor do carnavalesco, alguns, nem tomam conhecimento do que acontece no rio.
 "Rio? Que rio???"
O que reinou nestes quatro dias de carnaval foi o calor. Insuportável!
 E viva o carnaval!

* As vezes uso uns termos, que nem mesmo eu sei o que significam ao certo. Normalmente, termos que cresci ouvindo, principalmente, pela minha mãe, que adora colocar apelidos nas pessoas, e cujo hábito eu herdei. 
Volta e meia chamo a Lépi e a Pituca por "cajazeiras", mas não sabia ao certo o que significava e fui perguntar para o sr. Google, que disse que, Cajazeiras é um município da Paraíba. Mas não era isso que eu queria e fui mais específica, colocando "irmãs cajazeiras" e aí sim, apareceu a novela "O Bem Amado" com suas personagens, três irmãs solteironas conhecidas por irmãs cajazeiras. 

Outro termo que usei nesta postagem foi o "casa da mãe Joana", que ouvi e falei a minha vida toda, mas não sabia a origem. Sr. Google, através da Wikipédia, me explicou que o termo é usado para  "indicar o lugar ou situação em que cada um faz o que quer, onde imperam a desordem, a desorganização."
Parece perfeito para a minha casa, invadida pela cachorrada! Socorro, Milan!!!!
A expressão se deve a Joana de Nápoles, que viveu na Idade Média e foi rainha de Nápoles e condessa de Provença. A história é bem interessante! Recomendo a leitura no Wikipédia!

6 comentários:

  1. O calor me deixa totalmente neutralizada, não há boas intenções de fazer alguma coisa que resistam a este clima OPRESSOR! Tô com a cachorrada e a gataiada (aqui), mole mole molenga...plasta, desmanchada, desmaiada, estabacada, desconfigurada...

    ResponderExcluir
  2. Muito calor aqui também... Visitas alimentadas, tudo arrumado, banho e ficar quietinha, na frente do circulador de ar, mexendo só as mãos num bordadinho...
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir
  3. Voltei! Esqueci de comentar...
    "Irmãs Cajazeiras"? Conheci...conheci... Segui, capitulo a capitulo...sou idosinha...
    rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Nossa! fazia tempo que não passava tanto calor... mesmo nesses interiores nessas picadas alemãs bem no meio do mato estava de lascar!
    Sobre o post: cactário Horst dizem que é um dos maiores do mundo, tem bastante coisa sobre ele na web o negócio é lindo mesmo; imenso o único problema é que é longe pra burro e a pequena cidade que cabe no terreno da casamadeira kkk não tem estrutura para receber entaõ fomos até um mosteiro e depois tivemos que voltar para estrela. Mas eles abastecem os mercados em poa, inclusive a rede zaffari pois tbm trabalham com suculentas. Só para constar mesmo, já que gosta de cactos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Nossa! fazia tempo que não passava tanto calor... mesmo nesses interiores nessas picadas alemãs bem no meio do mato estava de lascar!
    Sobre o post: cactário Horst dizem que é um dos maiores do mundo, tem bastante coisa sobre ele na web o negócio é lindo mesmo; imenso o único problema é que é longe pra burro e a pequena cidade que cabe no terreno da casamadeira kkk não tem estrutura para receber entaõ fomos até um mosteiro e depois tivemos que voltar para estrela. Mas eles abastecem os mercados em poa, inclusive a rede zaffari pois tbm trabalham com suculentas. Só para constar mesmo, já que gosta de cactos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. O carnaval de vcs foi bem parecido com o meu... rs, rs, rs... eles são uns fofos. Tem termos que usamos e nem nos damos conta o que são, também uso o "casa da mãe Joana"... vou lá ler sobre a Joana de Nápoles.
    Bjos, Lú.

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!