terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Apoio para uma remada do Leonardo - 03 de janeiro de 2012

Ontem de manhã cedinho, Tombinho e eu fizemos o apoio para uma remada do Leonardo, a descida dos rios Taquari e Jacuí. Remada sugerida pelos amigos Germano e Leonardo Maciel, com previsão de 3 dias de acampamento.

A saída foi no rio Taquari, no município de Bom Retiro do Sul, distante 107 km de Porto Alegre.
Saímos de Porto Alegre, passamos em Canoas para pegar Germano e o "caiaque do véio", esperamos o Leonardo Maciel, que vinha com o apoio de seu pai, de Santo Antonio da Patrulha e seguimos para Bom Retiro do Sul, lugar do qual eu nunca tinha ouvido falar, ou não lembrava.

"A Barragem Eclusa de Bom Retiro do Sul é um dos principais pontos turísticos da Região do Vale do Taquari. Sua construção iniciou-se em 1958 até 1962, ficando paralizada durante oito anos, reiniciando-se em 1970 e teve sua conclusão em novembro de 1976. Trabalharam nas obras de construção cerca de oitocentas pessoas entre técnicos e operários. Possui 230 metros de comprimentos, na largura do rio, constituindo-se de seis vãos entre os quais as comportas-vagão duplas de 17 metros de largura por 10 metros de altura. A Camara Eclusa possui 120 metros de comprimento por 17 metros de largura e profundidade de 16 metros, permitindo a passagem de embarcações com até 3,20 metros de calado. Também, foi construída a escada do peixe (escada d`água) destinada a preservar o ciclo biológico dos peixes durante a piracema". Fonte:/http://www.bomretirodosul.rs.gov.br/
"O tráfego fluvial na região do Alto Taquari nem sempre era possível. O vapor do início do século passado por vezes não chegava a Estrela por falta de calado. A viagem terminava em Bom Retiro." Fonte: http://www.popa.com.br/imagens/estrela/eclusa.htm



Tombinho fazendo o reconhecimento do local.

Leonardo ajeitando as tralhas.
Um pequeno riacho que se encontra com o rio Taquari.

Os Leonardos acomodando as tralhas em seus caiaques e atrás, uma embarcação aguardando a abertura da eclusa.



Tombinho andando por tudo e provando a água do rio Taquari, na foto abaixo.



Germano quase pronto sendo observado por Tombinho e "seu"Fernando, pai do Maciel, olhando o filho.

Abrindo-se a porta da câmara eclusa para a passagem da embarcação.

Fotos e despedida. Germano não vai esperar ninguém!

Lá se vai a embarcação.

E lá se vai Germano e o caiaque do véio.

"A Barragem de Bom Retiro do Sul, única implantada no rio Taquari, está localizada em seu PK 121, 65 km à montante de sua foz, junto à cidade de Bom Retiro do Sul; seu remanso de aproximadamente 30 km, proporciona um estirão navegável total de aproximadamente 150 km no rio Taquari, ligando as cidades de Triunfo/São Jerônimo (foz do rio Taquari na sua confluência com o rio Jacui) com Arroio do Meio, localizado cerca de 10 km à montante do Porto Fluvial de Estrela." Fonte:http://wikimapia.org/1864919/pt/Barragem-de-Bom-Retiro-do-Sul

"Diariamente, diversas embarcações efetuam o processo de descida ou subida da eclusa transportando os mais variados tipos de produtos agrícolas ou industriais da região, alem de areia e produtos que são trazidos para o vale."

Germano foi o primeiro a entrar na água. Entrou logo depois que a embarcação entrou na camara da eclusa. Os Leonardos forma fotografar e filmar a embarcação na eclusa e isso demorou bastante, pois esperaram a água encher toda a câmara para a embarcação sair do outro lado. Enquanto isso, "seu" Fernando, Tombinho e eu torrávamos nos sol, até que não aguentei e fui lá ver o por quê da demora. Não sabia como era o funcionamento de uma eclusa. Cheguei lá em cima bem na hora em que a embarcação saia da câmara. Leonardo explicou o funcionamento e me arrependi de não ter visto tudo lá de cima.

Mais um lugar, pertinho de Porto Alegre, que eu não conhecia. Fiquei tão impressionada com aquela barragem e com a eclusa que pesquisei um pouco sobre ela. Muito interessante e a grande maioria das pessoas não tem conhecimento desses lugares e do funcionamento e importância de uma obra dessas.

"Na extremidade oposta à eclusa, há uma passagem para os peixes que sobem o rio na piracema. Peixes de couro usam uma rampa sinuosa, enquanto que os de escama saltam em uma escada. A pesca é proibida a menos de 200m da barragem onde pescar Dourados seria uma barbada. A PATRAM (Patrulha Ambiental?) tem prendido pescadores com lanchas e caniços, segundo informou o pessoal da operação da barragem. A propósito: não vimos placas alertando a proibição da pesca. " Fonte:


Vale a pena ler o relato de Danilo Chagas Ribeiro, no link acima, sobre a navegada feita por ele e mais dois companheiros, até a cidade de Estrela, pelos rios Jacuí e Taquari, sentido inverso do que nossos 3 bravos remadores estão fazendo hoje.

Na margem esquerda do Taquari, a represa tem uma passagem para embarcações. Este tipo de passagem chama-se eclusa. É um poço retangular, de concreto armado, com comportas de aço nas 2 extremidades por onde os barcos entram e, como em um elevador, alcançam o outro nível do rio. Atrás da comporta que se vê ao fundo, a água está 8m acima do nível interno da eclusa vazia.A água entra e sai da eclusa pelo acionamento hidráulico de válvulas. A operação é de responsabilidade de uma concessionária e custeada pelo governo federal.
A rede de transporte aquaviário do RGS tem 621km, sendo integrada pela hidrovia do Taquari, Jacuí e Lagoa dos Patos até Rio Grande."



"A Barragem Eclusa de Bom Retiro do Sul permite a ligação hidroviária desde o porto rodo-hidro-ferroviário de Estrela até os portos de Porto Alegre e Rio Grande, entre outros."



Leonardo Maciel já na água e Leonardo Esch verificando o GPS.


Nossos três bravos remadores devem remar durante três dias. Saíram na terça de manhã, lá pelas 10h30. Tombinho e eu voltamos para Porto Alegre e assim que chegamos em casa recebemos um torpedo do Leonardo: "13h - parada p/ almoço na ponte, 12 km remados. Germano está montando a cozinha."

O sol estava muito quente ontem, fiquei preocupada com eles. No final do dia, mais um torpedo: "Paramos cedo, 18h num camping de última categoria em Taquari com toró se armando. J´pa choveu e parou, trovejando ao redor. Remamos 33,8 km."

A ideia era sair bem cedinho hoje, no segundo dia de remada, para fazer uma parada mais demorada no almoço, evitando o sol quente.

Hoje, às 12h25, outro torpedo: "Parados para almoço em Barretos (antes de Triunfo), 20 km remados, ainda teremos uns 25 hj."

Acabou de chegar, neste exato momento, mais um: "16h - cheguei em Triunfo, 31,7 km hj. Aguardando Germano e Maciel, depois comprar água e seguir viagem, agora pelo Jacuí."

Tchau! Boa remada!

Um comentário:

  1. Ti querida, que aventura deliciosa!!!
    Eu amo remar, mas nunca remei assim!
    As imagens estão lindas, o post super explicativo e eu apaixonei no Tombinho!
    Beijossssssssss e uma linda tarde pra ti
    Vero

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!