segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Da janela do meu quarto...

... eu vejo a parte da frente do meu pátio em Porto Alegre, o pátio onde ficam os canis. Apesar de estar mal cuidado, gosto muito deste pátio pois tem bastante árvores e consequentemente, pássaros. Em uma das árvores tem um prato pendurado onde colocamos mamão, banana e outras frutas que tivermos em casa, todos os dias, e os principais fregueses deste prato são os sabiás. E em outra árvore, que fica bem pertinho da janela do meu quarto, colocamos água doce para os beija-flores, sebinhos e algum outro bicudo sedento que volta e meia aparece. No muro, que divide a minha casa e a casa dos meus pais, colocamos três pratos de barro com água e a festa é de todos! Sabiás, pardais, bem-te-vis, sanhaços, joão-de-barro e outros.
 Semana passada eu estava sentada na cama arrumando algumas coisas quando um beija-flor tomando água me chamou a atenção. Resolvi fotografá-lo mas até que eu pegasse a câmera e ligasse, ele se foi. Ele se foi mas havia um bem-te-vi bem posudo num galho da árvore então, para "não perder a viagem", cliquei ele mesmo.
 A luz não não estava boa para fotografar mas continuei registrando a festa dos sebinhos no bebedor enquanto esperava o beija-flor voltar. Na foto acima, quem matava a sede era um sebinho e um marimbondo.
 Adoro os sebinhos!! Eles são agitados e barulhentos mas isso não é ruim, pelo contrário, me passam a sensação de alegria.
 Este resolveu descansar um pouco.
 E este tomou água de cabeça para baixo, como o companheiro abaixo.
 Os bebedouros são lavados todos os dias e as águas trocadas todos os dias também, inverno ou verão. Mantemos três bebedouros para eles. Uma vez por semana a mãe deixa os potes de molho na água com água sanitária para matar qualquer fungo que possa aparecer.
 Eles são muitos mas não consegui fotografar mais de dois ao mesmo tempo.
Por fim, apareceu um joão-de-barro mas nada do beija-flor.

Um comentário:

  1. Gente... tem coisa melhor na vida? Bem, pode até ter mas, ver/conviver com estes pássaros é bom demais, não é?
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!