sexta-feira, 13 de junho de 2014

Dia dos namorados, bolinho de chocolate e a lua cheia

Foto do Leonardo
 Leonardo e eu passamos o dia dos namorados no Recanto trabalhando feito loucos, como de costume. As obras ainda não acabaram mas pedi uma semana de folga do pedreiro pois ficaríamos só dois dias lá e queria ficar mais a vontade.
Depois do almoço, namorei um pouquinho na rede com o Costelinha. Semana que vem completaremos um ano de namoro, quando ele apareceu aqui no Recanto a primeira vez.
 Paramos os trabalhos para assistir a abertura da Copa e o jogo do Brasil. Teve pinhão, pipoca, chimarrão e bicão de olho na minha pipoca.
Foto do Leonardo
 Depois do jogo, Leonardo me convidou para caminhar até o trecho da rua onde se tem vista para a Lagoa dos Quadros para ver e fotografar a lua cheia. As luzes que se vê na foto acima são da cidade de Capão da Canoa.
Foto do Leonardo
 Durante o almoço, Leonardo comentou que esperava ser surpreendido no jantar dos namorados e prontamente eu avisei que não teria nada de mais, pois já havia me programado para fazer a boa e velha sopa. E assim foi!
 Dias antes também já tinha avisado que não teria presente, pois estamos em contenção de despesas. Sem frescura, coloquei a panela na mesa, que também não estava arrumada decentemente, pois a casa está numa fase em que precisamos abrir espaço na mesa para fazer as refeições. 
Foto do Leonardo
 O toque romântico ficou por conta da iluminação a luz de velas. Leonardo sugeriu, há algum tempo, que quando estivéssemos morando no Recanto, poderíamos fazer o dia sem luz, onde evitaríamos grandes gastos de luz, controlando o consumo durante todo o dia e finalizando com um jantar a luz de velas. Adorei a ideia e pretendo cumpri-la mas já fizemos uma prévia neste dia especial.
Foto do Leonardo
 A surpresa que havia programado para a sobremesa não deu certo! Tinha pensado em fazer uma mousse de chocolate, já que Leonardo é um chocólatra e adorou a mousse que fiz dias antes para um almoço com amigos. Só que eu "sisquici" que não temos batedeira no Recanto e não quis arriscar bater a clara à mão. Lembrei de um bolinho de chocolate que vi num programa de culinária da GNT e fui atrás da receita, que além de muito simples, não precisa ser feita com antecedência, pois é tipo um Petit Gateau, servido quente. Não tinha sorvete mas resolvi fazer assim mesmo. Como já aconteceu outras vezes, não prestei bem atenção em toda a receita e quando já estava com a mão na massa percebi que esta receita também recomendava o uso da batedeira mas agora, já era! Bati no muque mesmo e já estava dando a receita por perdida, pois também não tinha as forminhas recomendadas então, resolvi usar umas mini forminhas que eram da minha vó e umas xícaras, torcendo para que estas não quebrassem com o calor do forno. 
Foto do Leonardo
 Pela receita, o bolinho estaria no ponto em menos de dez minutos. Como as forminhas da vó são bem menores, achei que ficariam prontas antes disso mas não, demorou mais e qual não foi a minha surpresa quando vi os bolinhos crescidos como nas imagens da televisão.
Sou muito atrapalhada como cozinheira e minha cozinha ficou um caos! 
Foto do Leonardo
 Os bolinhos pequenos ficaram uma gracinha mas não ficaram cremosinhos por dentro como deveriam, mas estavam uma delícia mesmo assim. Já os bolinhos das xicrinhas, ficaram perfeitos! Estavam tão perfeitos que esquecemos de fotografar. 
 Com todo improviso, nosso jantar de dia dos namorados foi bem legal! Leonardo ficou satisfeito, adorou a sobremesa e o jantar a luz de vela.
 Depois da janta, depois da sobremesa, lá pelas 22h30, fomos na rua admirar a claridade daquele linda noite iluminada por um espetáculo de lua.
Achei impressionante como a foto ficou clara, nem parecia que já eram quase onze horas da noite.
As velas iluminavam a casa por dentro e a lua iluminava a rua e o nosso amor!

13 comentários:

  1. Costelinha é muito esperto...soube direitinho onde encontrar o amor!!

    Que noite maravilhosa, repleta de beleza e sabor.

    Eu também uso bastante a luz das velas por aqui...

    Mas... a luz da lua...ah...não tenho esse privilégio em tê-la...muita poluição...infelizmente!!

    Amei a ultima foto!! Um brinde ao amor!!

    Tiane, tenha um magnífico final de semana,

    beijinhos,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  2. Quanta chamego bom! Êhhh delicia!
    Abraços!
    Egléa

    ResponderExcluir
  3. O amor mora por aqui.

    Fiquei fã.

    Beijinhos a todos

    ResponderExcluir
  4. Lindas fotos. A simplicidade da vida é a verdadeira felicidade. Esse lugar está cada dia mais lindo. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Ai que post mais fofooooooooooooo, adorei tudo desde o fofo chameguento do Costelinha, até esse jantar lindo á luz de velas... os bolinhos tipo petit ~são mesmo uó, qualquer coisa passa o ponto, mas o importante é que foi lindo !!!
    Quinta estava mesmo tão claro que parecia luz do dia...

    Amei as fotinhas, amo o Recanto e esses bichinhos fofos ...

    Bjus 1000 querida e um find emaravilhoso prá ti

    ResponderExcluir
  6. Gente, que lindo! As fotos a luz de velas e, especialmente, a ultima foto ficou muito show!!!

    ResponderExcluir
  7. Tiane,

    As coisas simples, sem frescuras, são as mais belas.
    Eu achei o máximo a questão de economizar luz de uma forma tão romântica.
    Lindas as fotos também.
    Amei seu comentário sobre os líquens. Foi pra isso que postei, pois sei que tem o lado bom e ruim.
    Entrei no link que você enviou e não visualizei sobre o assunto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Tiane, não há nada mais romântico que um jantar á luz de velas :)
    Eu gosto demais dessa simplicidade, das fotos lindas que vocês fazem e desse recanto lindo que vocês estão construindo. Vocês são mesmo privilegiados, viu?!
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Tiane!
    eu fiquei muito feliz qdo abriu minha flor, sei q minha mãe agora está bem, acredito muito nisso!
    Qto a essa flor pode deixar em sol pleno , ela é bem resistente , tenho um pé enorme lá no mato , tenho da folha verde também.
    Esta linda sua foto com o Costelinha,O jantar romântico com sopa e petit a luz de vela foi bacana, aqui não comemorei..... estava com visitas..kkkkk
    a última foto está demaissssssss, mata minha curiosidade: quem bateu a foto?...ficou linda!
    Muito bom ter casa no mato, somos previlegiadas! adoro um matinho....

    Só não gosto do frio do Sul....dói muito as minhas artroses q já afetam minhas mãos e pés, no verão não sinto nada...adoro!

    Quantos bichinhos tu tem lá no mato??/
    linda semana bjss
    e obrigada pelo carinho sempre!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A foto estava no automático, Lena. O Leonardo usa muito o automático, pois já fez muitas viagens sozinho de bicicleta, caiaque ou a pé mesmo. Lá no meu mato só fica uma cadela, a Pretinha que nos adotou. Ela entra e sai quando bem entende, só o que fiz foi castrá-la. Os outros vão e voltam com a gente toda vez. São o Tombo, a Brigitte, o Pinheiro, a Sissi, a Kin e o Costelinha, quando não vai mais algum gatinho. Quando eu for de muda, devem ir uns 15 cães e 16 gatos... Bjinho pra ti, Lena!

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Saiu três comentários de vez ...kkk apaguei

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!