terça-feira, 17 de junho de 2014

Remada no fundo do quintal! Caiacada no Maquiné - Inauguração do "Tubarão Clandestino" (9 de junho de 2011)

Da série, "postagens suuuper atrasadas"...
"Aqui estamos eu e o Tubarão Clandestino saindo pelos fundos do quintal da nossa casinha em Maquiné, para uma remadinha básica.
Leonardo, Tombinho e eu chegamos ontem em Maquiné. Leonardo já fez um treininho no final da tarde de ontem e também já havia remado aqui outras vezes. Esta é a minha prima volta!Deixamos Tombinho preso, dentro de casa, para evitar que ele apronte alguma coisa ou desapareça, já que o terreno ainda não está cercado.
Como dá pra ver na foto, precisamos sair no meio do capim."
Lá em terra, ou em gramado, Leonardo se preparando para entrar na água com o "Lagarantiasoyyo".
Leonardo saindo do meio do capim.
O que escrevi no começo da postagem foi o texto que comecei lá em 2011, quando Leonardo e eu fizemos esta pequena remada no quintal de casa, como costumamos falar do rio que fica nos fundos do Recanto, que na verdade, é o braço morto do rio Maquiné.

Foi em 2011 que adquirimos o Recanto, março de 2011.

Em abril de 2011 fomos até Rosário, na Argentina, buscar dois caiaques. Este azul é o meu, o "Tubarão Clandestino" e o do Leonardo que era para ser cor de laranja, fizeram errado e ele ficou com o amarelo mesmo, e é o "Lagarantíasoyyo"
E em junho do mesmo ano, fizemos esta remadinha, que foi a minha primeira remada "no quintal de casa" e a primeira remada oficial com o novo caiaque. Na verdade, havia remado com ele em Tramandaí, mas esta remada foi tão tensa, que desconsiderei. 

Olhando com atenção, dá para ver duas aves na árvore. Não tenho certeza, mas acho que são Tarrãs.
E na água, lixo!

Saímos do braço morto do Maquiné e estamos no próprio rio Maquiné.

É um rio muito bonito! Na direção da cidade o rio tem muitas pedras e algumas corredeiras. É onde o Leonardo costuma brincar com os amigos.

E para o lado oposto, o rio encontra o Braço Morto e em seguida deságua na Lagoa dos Quadros.





Ponte da BR 101.

Tubarão Clandestino e Lagarantíasoyyo.







A balsa, quase na Lagoa dos Quadros, bem pertinho de casa.



Chegando em casa.

Leonardo abrindo caminho no meio do capim. Agora, já temos um trapiche! Que chique!







Quindim Precioso, meu primeiro caiaque, Lagaratíasoyyo, o Tubarão Clandestino, meu caiaque "ferrari", e a casinha do Recanto, como era em 2011.

3 comentários:

  1. Que bacana relembrar como era o Recanto naquela época! Está mudando pra melhor, né? :)

    ResponderExcluir
  2. Tiane,

    Ahhhhh, como eu gostaria de estar fazendo as malas para me mudar para um lugar assim...quero um rio no quintal da minha casa!!!

    Eu moro próximo a um shopping e costumo dizer que o shopping fica no quintal da minha casa...hehehehe...

    Então, adoraria trocar de quintal!!!!

    Que privilégio!!!

    Como você é corajosa em remar nos rios....eu não sei se eu me aventuraria!! hehehe...principalmente por não confiar no meu nado!!

    Lamento o lixo das águas...espero que nesse tempo, tenha diminuido, por conta da conscientização e respeito das pessoas!!!! ....

    Querida, tenha um lindo dia, beijinhos,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  3. Bom ter um rio no quintal de casa!! bj

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!