sexta-feira, 20 de maio de 2016

Vivendo na roça - parte II

No meio do caminho tinha uma bananeira. Tinha uma bananeira no meio do caminho.

4 comentários:

  1. :)))) E ainda por cima com bananas...
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. É bom quando elas já caem poupando nosso trabalho de ter que derrubá-las né?
    No final de semana passado o Silas pegou banana prata lá na caverna real. Que docinha, que delícia!
    Fico olhando seu rancho e sonhando, com um lugar assim com muito verde tipo essas ruas onde vc está na foto "um blog com crise de identidade...".

    E aí, teve a remada? Às vezes (no meu caso vc pode ler sempre) quando estamos em casa não queremos sair. Talvez pelo fato de eu ficar o dia todo fora de casa, quando tenho a oportunidade de me enfiar lá no final de semana, não quero mesmo sair. Então, te entendo, mesmo o programa sendo "verde" rsrs. Gosto de curtir minhas coisinhas, ficar no meio dos peludos, das plantinhas e também ir à igreja.

    Quanto à leitura, foi pra mim mesmo que contou sobre os livros que ganhou rsrs. Faz sim um desafio pessoal. O meu pessoal é ler no mínimo 12 por ano (meu recorde foi 18 num ano que fiquei muito tempo me deslocando em transporte público, pois é o meu maior tempo aplicado em leitura. Porém, do ano passado pra cá, as conduções estão super lotadas e mal consigo abrir o livro dentro delas, tendo que arranjar tempo entre minhas noites e finais de semana). Aí a Alê apareceu com aquele desafio dizendo que precisava de um incentivo pra ler e eu disse pra ela "Bora, vou com você!". Não necessariamente temos que encaixar um livro lá, mas se encaixar, bom!

    Vem também! Se conseguir ler os que ganhou já tá vencendo a si mesma!

    Abração esmagador e lambeijos pra tropinha toda.

    ResponderExcluir
  3. Sabe Tiane, eu sou dividida, meio urbana e meio do interior, quando vejo as suas imagens, fico sonhado em morar num sitio, cercada pelo verde, bichos, rio correndo, amo! A bananeira caída no meio do caminho é algo de alegria pra mim, não tem preço.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Que pena , tomara que já tenha dado seu cacho de bananas! bj

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!