quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Natal 2012

 Este Natal foi como tantos outros, a grande diferença foi que não passamos na casa da minha irmã Rosane, que foi vendida, e sim, na casa da mamis e papis.
Mano e Bele não passaram a Ceia conosco, como de costume, pois vão primeiro na mãe da Bele, depois vêm aqui para a revelação do amigo-secreto.
Leonardo também não passou conosco, estava de plantão. Abriu mão do Natal para deixar a colega, que tem filho pequeno, passar o Natal em família. Gesto nobre, mas senti muito a falta dele.
 Marina com cara de adolescente entediada, Rosane e Marco, mostrando o canudinho de soja que eu faço e eles adoram!
 Ainda estávamos à mesa quando meu irmão e minha cunhada chegaram e sentaram conosco, e meu irmão não perdeu tempo e já foi fazendo o tio Sérginho rir um pouco.
Logo subimos para a grande revelação!!
Meu sobrinho, Marco, abriu os trabalhos revelando seu amigo-não-tão-secreto, já que sua irmã, Marina já sabia que ele a havia tirado.
E ela gostou do presente que ele mesmo escolheu!
Então foi a vez da Marina revelar que seu amigo-secreto era nada mais, nada menos que...
...o vovô!!!! Só o fato de ter sido tirado por ela, já foi um presentão para o vô babão!
Que será? Que será? Que o vovô vai ganhar?
Aberto o presente, hora de abrir o secredo: quem o vovô tirou??? 
zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz...
Isso foi o que o Marco fez quando o vovô começou a descrever o seu amigo-secreto. O vovô gosta de enfeitar bastante o seu discurso, ainda mais por ter tirado a norinha amada!
Nesta foto aí, não sei quem puxa mais o saco de quem...vovô tirou a Bele, que tirou...
...o autor desta fotos, Dieguito! meu cunhado, marido da minha irmã e pai dos pestinhas! Que tirou...
...o marido da loira, meu irmão! Que tirou...
...a filha preferida do seu Rô, minha irmã! Parênteses: quando meu irmão comentou que o amigo-secreto dele era a filha preferida do seu Rô, todos, menos eu, falaram que era eu. Eu acertei de cara, era a Rosane! E meu irmão corrigiu todo mundo dizendo que eu era a "queridinha do papai" e a nossa irmã, a filha preferida! rerer  Acho que todas as famílias têm essa mania de dizer quem é preferido de quem, né? Minha võ detestava isso e a gente adorava fazer isso só para vê-la irritada, tadinha! Fecha parênteses.
Após abrir o seu presente, minha irmã revelou que tirou...
...a mamazita!
A esta altura do campeonato eu sabia que a mãe havia me tirado, pois só restava eu e o Marcolino.
Mas como eu tirei o Marco, a mãe só podia ter tirado euzinha! Marco não fez lista de presentes então comprei um presente "no grito".

Será que ele vai gostar???
Gostou!!!!!
E o tio Sérginho, que não participou do amigo-secreto, também gostou dos presentes que recebeu dos sobrinhos e sobrinhos netos.
A vovó recebeu um presentão do filhinho amado dela!
Marco e Marina conferindo seus presentes.
E abrindo mais presentes que receberam da vó e vô mais babões que poderiam ter.
E assim foi a minha noite de Natal, uma noite incompleta, já que estava sem o Leonardo...mas uma noite feliz por estar com a família!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!