quarta-feira, 31 de julho de 2013

O Recanto em abril - (continuação)

Da série, "postagens atrasadas"...

Dividi uma ida de 4 dias ao Recanto, em duas postagens para não ficar uma tão comprida.
Então esta, é continuação da anterior e nosso terceiro dia no Recanto começou com o desjejum da cachorrada.
 A Brigitte deve estar comendo dentro de casa, pois não aparece aqui.
 A Pretinha já está bem adaptada aos hábitos desta nova família.
 Leonardo começou o dia trocando a torneira da pia da cozinha de lugar. Torneira e balcão, que é provisório.
 Balcão da pia no seu devido lugar: embaixo da janela.
 Torneira instalada.

E funcionando!!!!
 Da porta do quarto tive uma visão linda! Várias borboletas dançando e se alimentando das flores de uma árvore. Linda imagem!
 A minha tarefa, além de registrar tudo, foi pintar as janelas para colocarmos os vidros o quanto antes.
 Enquanto as gatinhas não sabiam o que fazer com tanta liberdade.


 De tanto brincar, acabam exaustas!
 Aliás, tem mais gente exausta dormindo em horário de serviço...
Vida boa!
 Providenciando o lanche da tarde.
 Nossa nova mesa velha! Leonardo achou essas medeiras jogadas num canto e montou uma linda mesa para a casinha! Linda e enorme!
 De tarde, quando estava roçando o capim no alto do terreno, Leonardo encontrou uma Cruzeiro. Somos contra matar animais por isso, Leonardo colocou a barriguda dentro de um tonel de plástico e a levou embora para longe. Ela estava com a barriga enorme, provavelmente havia se alimentado recentemente. 
 Eu adoro cobras... bem longe de mim!
Todas as fotos da serpente foram clicadas pelo Leonardo.
 Morro de medo delas, mas isso não é motivo para sair matando afinal, eu é que estou invadindo o território delas. 
 E mais um belo final de tarde embeleza o Recanto.
 Foto do Leonardo
 A cozinha já tá ficando com cara de cozinha! E a cozinheira da casa está mostrando o bolo que ERA para o lanche da tarde, mas acabou sendo para o lanche da noite. 
 Eis o bolo sob o novo balcão velho da Oma.
 E eis o Leonardo esperando a autorização para atacar o bolo na nova mesa velha da casinha.
 A toalhinha era da minha irmã. Ela não quis e eu confisquei. Achei que combinou perfeitamente bem com a mesa. 
 Depois de tanto trabalho, só resta dormir para recarregar a bateria. 
Boa noite!

Um comentário:

  1. Tiane, estou feliz por vocês. O resultado da reforma da casa salta aos olhos. Está ficando ótima. E essa bicharada linda, toda livre. Só não entendo como conseguem viajar com gatos e cachorros dentro do carro, se fizermos isso com nosso bichos daqui de casa, ninguém chega vivo ao destino.
    Abraços e continuarei acompanhando a história desse recanto, onde vale a pena enfrentar qualquer estrada para chegar logo.

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!