domingo, 17 de agosto de 2014

Dia dos pais

 No domingo dos pais, Leonardo e eu tomamos café com meu pai, em Porto Alegre, e almoçamos com o pai dele em Nova Petrópolis, como tem sido nos últimos anos.
 Tombinho, comodamente instalado ao lado do fogão à lenha, foi junto no almoço afinal, é o querido do pai!
Na casa da vó Sonja e do vô Egon, Trumbico tem tratamento pra lá de especial, com permissão para ficar na sala na hora do almoço, só de olho na lasanha que a vó fez.
 O pai Leonardo deu presente para seus pais e até para a mãe (euzinha)!!
Além de um presente comestível, que adoro demais, ganhei um lindo cartão feito pelo Leonardo! 
E o pai só ganhou beijinho...
 Um passeio pelo jardim dos sogros é sagrado! Infelizmente, estou longe de ser uma boa fotógrafa e não consegui captar o colorido que aparece nesta imagem, o fúcsia das Azaléias, o branco das Magnólias e lá no fundo tem uma roseira-trepadeira que subiu pelas árvores e tem um colorido e uma delicadeza impressionante, a rosinha é bem pequena e cor de laranja.  Como as flores estão muito altas, não tinha como registrar mas são várias florzinhas que deixam as árvores coloridas.
 A Magnólia ao lado da casa, que aparece na foto acima, é branca.
 E a Magnólia que tem na frente da casa é mais rosada. Na verdade, parece que a Magnólia do lado também é rosa, mas está esbranquiçada e agora, a sogra comprou uma terceira muda de Magnólia, esta sim branca, mas ainda não floresceu.
 Os narcisos ou junquilhos do jardim dos sogros, é amarelo. Fiz uma rápida pesquisa e não cheguei a nenhuma conclusão se Narciso e Junquilho são a mesma coisa.

 Na hora de ir embora fui esquentar a água para o chimarrão e o gás acabou. A sogra não nos deixou sair sem a água quente e pediu um novo botijão por telefone. Enquanto esperávamos o caminhão chegar com o gás, Leonardo e a mãe ficaram analisando uma trepadeira que quase tomou conta das árvores da frente da casa dos sogros. A sogra fez questão de explicar as fases da flor, que registrei na ordem em que  aparecem aqui.



 Leonardo, o caçador de sementes, já coletou algumas para sua coleção.
 Leonardo e a mãe caminhando na frente da casa e na frente das árvores tomadas pela trepadeira.
 Trumbico esperando a gente na frente da casa.
 E brincando com seu  novo brinquedinho, a porquinha Cícera, enquanto o pai carrega o botijão de gás lá no fundo da foto.
Depois de um domingo agitado, Tombinho volta dormindo no carro, como uma criança que agitou um monte na casa dos avós.
Tem quem ache exagero ser pai ou mãe de bichos, mas quem não tem filho, caça com cachorro! E feliz todos os dias de todos os pais, de humanos e não-humanos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!