sexta-feira, 6 de março de 2009

A Bici

Esta é a Bici, uma Monark Mountain Bike. É a minha terceira bicicleta.A minha primeira bicicleta foi uma Caloi, claro! Como resistir a propaganda "não esqueça da minha Caloi!"? Acho que devia ser o sonho de toda a criança na época. Somos três irmãos, eu devia ter uns 7 anos e cada um ganhou uma de cores diferentes, a minha era azulzinha, a mais bonita! rsrs Eu nem sabia andar de bicicleta ainda! Quem me ensinou foi o Vilson, meu vizinho na época e hoje, meu cumpadre. A rua não era asfaltada, era de areião e a gurizada andava à milhão de bicicleta e faziam rampas para saltar. Eis que, no meu primeiro dia de "aula" resolvi saltar a rampa... não preciso dizer que voltei para casa com quilos de areião encravados nos cotovelos e joelhos, nos braços da torcida, né?! Bela lição!
Não demorou muito meus irmãos ganharam uma Caloi 10 cada um. Como sou a mais nova e mais pateta, continuei com a minha Caloizinha. Tinha medo de andar naquelas Caloi enormes com aqueles ferros no meio.
Acho que foi no aniversário de 13 anos que ganhei uma bicicleta maior, modelo feminino, 3 marchas, com cestinha e tudo! Queria com cestinha para que a Totoca, minha primeira cachorrinha, pudesse andar comigo mas não deu... a cesta era muito pequena ou a Totoca era muito gordinha... e também não queria bicicleta com aqueles ferros no meio. Tinha uma implicância com aqueles ferros!
Com essa bici comecei a "alçar meus primeiros vôos". Lá pelos 16 anos, ia de bicicleta para a natação. Quase morria subindo a lomba da Saturnino de Brito na volta, ou melhor, subindo menos da metade da lomba e empurando a bici no resto. Mas foi isso que me fez adquirir a Bici alguns anos mais tarde. Não lembro quantos anos mais tarde... isso não vem ao caso... então, chegou a Mountain Bike na minha vida. Com ela ia para a faculdade aos sábados, para a Redenção e até trabalhar. Foi quando comecei a tomar gosto por pedaladas. Meu sonho era ir até a praia de bicicleta, como meu pai que foi com uma barra forte quando era solteiro.
Mas acontecem coisas na vida que não tem explicação e ao invés de continuar pedalando, deixei minha Bici abandonada na garagem por uns 6 anos. Tadinha! Ficou cheia de teia de aranhas... e eu também! Totalmente sedentária, usando o carro o tempo todo, nem caminhar eu caminhava mais.
Ainda bem que acordei a tempo! A grande inspiração para o meu despertar foi o blog do Leonardo www.leonardoesch.blogspot.com . Depois de ver até onde se pode ir de bicicleta eu não podia mais ficar parada. Fui na garagem, limpei a Bici, meu cunhado fez os reparos necessários e voltei a pedalar. E tô sonhando alto. Sei que a Bici não é o modelo mais adequado para fazer o que pretendo mas por enquanto, vai ser com ela mesmo! O importante é não parar!

Um comentário:

  1. Oi, Tiane! Parabéns pelo retorno ao pedal e obrigada pela visita no blog! Logo vai ficar mais bacana, vou começar a publicar as primeiras fotos. Se você tiver flagrantes de gente pedalando com roupa normal, sem ser as de lycra que a gente usa para esportes, manda que neu publico, com créditos e link pro seu blog! E uma pergunta: como você ficou sabendo do blog? Bjins!

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!