quarta-feira, 25 de março de 2009

Treino e despedida

No início da semana, Rodrigo sugeriu uma pedalada de manhã cedinho para Ipanema ou Viamão. Começar às 6h30 e pedalar por umas 2 horas. Aceitei e pedi que fosse por Viamão pois ainda não havia pedalado por lá.


Nos encontramos na esquina da minha rua com a Protásio, ainda não tinha sol mas tudo indicava que seria mais um dia quente. O céu estava azul, sem uma nuvem e o ar bem fresquinho, uma típica manhã de outono! Descemos pela Antonio de Carvalho até a Bento e seguimos na direção de Viamão.

Não pegamos muito movimento porque o fluxo era no sentido contrário, Viamão - Porto Alegre. As paradas de ônibus sim, estavam lotadas nos dois sentidos.


"Viamão é o maior município em extensão territorial da mesoregião Metropolitana de Porto Alegre e da microrregião de Porto Alegre.

A origem provável do nome Viamão é controversa, a versão mais comum é de que a partir dos morros da região, e do topo da igreja matriz, é possível se avistar o rio Guaíba e seus cinco rios afluentes: Jacuí, Caí, Gravataí, Taquari e rio dos Sinos, que formam uma mão aberta. Daí a frase: "Vi a mão". Uma outra etimologia para o nome da cidade é que seria uma corruptela a freguesia de Viamonte, cerca de 30km de Évora, Portugal.

É um município que conta com as águas do Lago Guaíba e da Lagoa dos Patos. Possui muitos lagos, um deles, o Lago Tarumã, está praticamente abandonado pela administração. Conta também com a Barragem do Saint Hilaire, o lugar de onde sai a água para o Arroio Dilúvio, em Porto Alegre. "
Fonte: www.wikipedia.org


Fomos até o centro de Viamão, mais precisamente, até a Igreja Matriz. Já tinha passado de carro por ali algumas vezes mas aquela igrejinha nunca tinha me chamado tanto a atenção. Essa é uma das vantagens de andar de bicicleta, vemos muitas coisas que, de carro passam desapercebidas. A construção da Igreja Matriz de Viamão é muito linda, pena, que está super maltratada dando a impressão de estar abandonada pois, até as portas estavam fechadas. Sempre achei que as Igrejas ficavam abertas nas primeiras horas da manhã para os fiéis mais fiéis poderem rezar mas me enganei. Acho que a fé também foi abandonada...


Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição

Tentei fotografar os "campos de cima de Viamão" mas não ficou nada nítido. É uma região belíssima com morros, muita vegetação e sítios maravilhosos. Passei boa parte da minha infância e adolescência sonhando em ter um sítio lá.
"Os campos de cima de Viamão"

Pegamos mais trânsito na volta, lá pelas 8hs. Fui pensando, em boa parte do caminho, por onde eu voltaria para a minha casa. Estava com preguiça(entenda-se medo) de subir a Antonio de Carvalho e mais a Protásio Alves. Se eu seguisse pela Ipiranga, teria que subir a Cristiano Fischer ou a Salvador França e, ainda por cima, daria uma volta maior. Pensei em ir por dentro da vila onde passo seguido de carro mas de bici... sei não... levei medo! Não tive escolha: subi a Antonio de Carvalho. Impressionante como os fantasmas desaparecem da minha cabeça! Subi a Antonio de Carvalho e a Protásio sem problema algum! Muito melhor do que subir a Salvador França!
Triste constatação de que não tem como eu voltar para casa sem ter que subir alguma lomba. Seja de que lado da cidade eu estiver, já pensei, repensei e não tem como: por qualquer lugar eu pego uma subida.
Foi um belo treino! Cheguei em casa lá por 8h45. A bicharada tava estranhando... normalmente, a maioria deles já tomou café essa hora. Fui direto no canil do Conhaque e tive outra triste constatação: o Conhaque se foi!
Conhaque é, ou melhor, era um cão que criei com mamadeira há 15 anos, ele e seus 6 irmãos. Todos foram doados, menos ele e a Jade que morreu em 2007. Ele já tava muito velhinho e, nas duas últimas semanas vinha piorando. Ontem, ele caiu e não conseguiu mais levantar por isso que falei que foi uma constatação e não uma surpresa pois já estava esperando por isso.
Deixo aqui minha homenagem ao meu companheiro de 15 anos. Obrigada Conhaque! Bom descanso!
Última foto dele, tirada na semana passada.

Foto de 2002, bem mais moço... tá bom... eu e ele estamos bem mais moços na foto... ele adorava quando eu beijava o papo dele.


Tchau Alemão! Obrigada!

2 comentários:

  1. Oi, Tiane!
    Obrigada pela visita no meu blog! Dei uma fuçada no seu e adorei tudo. Quando você descreve esse passeio de bicicleta num dia de outono deu até para sentir o ar fresquinho no meu rosto.

    Sobre postar o meu texto, claro... permissão obtida com o maior prazer.
    Volte sempre!

    ResponderExcluir
  2. esqueci de colocar que sou a Michele, do ser e tecer (www.blogspot.com). Não consegui postar usando a minha conta do google.

    ResponderExcluir

Responderei aos comentários aqui mesmo ou se preferir, deixe seu e-mail para que eu possa entrar em contato. Obrigada pela visita e pelo comentário!